quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Death of a Matian


Death Of A Martian
Bear paws and rascal power
Watching us in your garage
Big girl you ate the neighbor
The nova is over
Wake up and play
Balleradio
Make room for clara's bare feet
The love of a martian

Tick tock and waiting for the meteor
This clock is opening another door

Lots of love just keep it comin'
Making something out of nothin'
These are the best that I
I don't know how to say
Losin' what I love today
These are the best that I

Lots of love just keep it comin'
Making something out of nothin'
These are the best that I
I don't know what to say
Look at what I lost today
And these are the things that I

Blood flowers in the kitchen
Signing off and winding down
This martain ends her mission
The nova is over
She caught the ball
By the mission bell
Chase lizards bark at donkeys
The love of a martian

Let's bow our heads
And let the trumpets blow
Our girl is gone
God bless her little soul

She's got sword in case
Tho this is not her lord incase
The one who can't afford to face
Her image is restored to grace

Disappeared
No trace
Musky tears
Suitcase

The down turn brave
Little burncub bearcareless turnip snare
Rampages pitch color pages...
Down and out but not in Vegas
Disembarks and disengages
No loft

Sweet pink canary cages plummet pop dewskin fortitude
For the sniffing black noses that snort and allude
To dangling trinkets that mimic the dirt cough go drink its
It's for you

Blue battered naval town slip kisses delivered by duck
Muscles and bottlenosed grifters arrive in time to catch the late show
It's a beehive barrel race
A shehive stare and chase wasted feature
Who tried and failed to reach her
Embossed beneath a box in the closet that's lost
The kind that you find when you mind your own mysteries
Shiv sister to the quickness before it blisters
Into the newmorning milk blanket
Your ilk is funny to the turnstyle touch bunny
Whose bouquet set a course for bloom without decay
Get you broom and sweep the echoes of yesternights
Fallen freckles away


Morte de uma marciana
Patas de urso e poder patife
Olhando para nós em sua garagem
Gordinha você comeu o vizinho

A nova acabou
Levante-se e toque
Balleradio
Abra espaço para os pés descalços, Clara
O amor de uma marciana

Tic tac, esperando pelo meteoro
Este relógio está abrindo uma outra porta

Muito amor mantém o movimento
Fazendo alguma coisa do nada
Estes são o melhor que eu
Eu não sei como dizer
Perdendo o que eu amo hoje
Estes são o melhor que eu

Muito amor mantém o movimento
Fazendo alguma coisa do nada
Estes são o melhor que eu
Eu não sei como dizer
Perdendo o que eu amo hoje
Estes são o melhor que eu

Flores de sangue na cozinha
Saindo e diminuindo
Este mártir termina a sua missão
A nova acabou
Ela pegou a bola
Pelo sino
Perseguiu lagartos, latiu para os macacos
O amor de uma marciana

Vamos baixar nossas cabeças
E deixar as trombetas soprarem
A nossa menina se foi
Deus abençoe sua pequena alma

Ela tem a espada pronta
Embora este não seja seu senhor
O que não pode se dar ao luxo de enfrentar
Sua imagem é restaurada para graça

Desapareceu
Sem deixar vestígio
Lágrimas almiscaradas
Mala

A recessão brava
Pequeno pedaço de nabo
Rampas pintam as páginas de preto
Deprimido mas não em Las Vegas
Desembarques e quebras de compromissos
Sem loft

Doces canários rosados, gaiolas de ameixa fortes
Para o nariz farejando preto que o fareja e alude
Para berloques pendurados que imitam a tosse suja, vá beber o seu
É para você

Azul marinho da cidade escapa dos beijos do pato
Músculos e narizes engarrafados chegam a tempo do show
É uma raça rara de colméia
Um olhar de colméia e futuro desperdiçado
Que fracassou ao tentar alcançá-lo
Gravado abaixo de uma caixa no armário que está perdido
O tipo que você encontra quando cuida de seus próprios mistérios
Irmã shiva da rapidez antes de estourar
No cobertor de leite materno
Sua laia é engraçada para o coelho esquisito
Cujo buquê montou um curso para o florescimento sem decadência
Pegue a sua vassoura e varra os ecos da noite
Sardas somem


Eu, sou suspeita para falar, porque eu gosto muito, mas Red Hot Chili Peppers, como eu já disse, apesar de ser uma das minhas bandas preferidas, existem algumas pessoas que podem ler a sua letra (tradução) e achar babaca, idiota e sem conteúdo nenhum. Como eu sou fã de literatura fantástica e músicas com histórias fantásticas, fica a dica, música muito boa, um som gostoso de escutar e uma história legal sobre uma paixão que acabou com tragédia, do CD Stadium Arcadim de 2006, a música Death of a Matican.
Tá chegando dia 21/09!!!!